DESDE QUANDO O HUMANISMO É BÍBLICO? SEGUNDO AS TRADUÇÕES HERÉTICAS, DESDE SEMPRE.

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, DESDE QUANDO O HUMANISMO É BÍBLICO? SEGUNDO AS TRADUÇÕES HERÉTICAS, DESDE SEMPRE.

domingo 17 maio 2015 09:21 , em PORÇÕES DA VERDADE


SÉRGIO MAMBERTI CONFIRMA O QUE MUITOS AINDA TORCEM QUE NÃO: O TEATRO É, POR TRADIÇÃO, LIBERALISTA.

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, SÉRGIO MAMBERTI: "O TEATRO SEMPRE TEVE UM PAPEL LIBERTÁRIO."

O TEATRO, UM ANTRO CUJOS ATORES TRADICIONALMENTE, NOS CAMARINS, CELEBRAM O INÍCIO DE SUAS PEÇAS GRITANDO PALAVRAS NADA EDUCADAS, SEGUNDO UM DOS SEUS GRANDES ÍCONES BRASILEIROS, POSSUI SUAS RAÍZES LIGADAS AO HUMANISMO. DIANTE DISSO, É IMPOSSÍVEL NÃO PERGUNTAR: ALGUÉM ACHA MESMO POSSÍVEL A PRESENÇA DE UM CRISTÃO VERDADEIRO OU, NO MÍNIMO, DE UM ATEU QUE AME A MORAL E OS BONS COSTUMES NUM AMBIENTE COMO O TEATRO???

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, SÉRGIO MAMBERTI: "O TEATRO SEMPRE TEVE UM PAPEL LIBERTÁRIO."

Atenção, jovens cristãos que, porventura, possam alimentar qualquer esperança de ingressarem numa carreira artística um dia: quem está dizendo agora não sou eu, um fundamentalista cristão; mas sim aquele que é considerado um"monstro sagrado" da TV brasileira. Não há para onde correr: ainda que se tape os olhos para o fatores como: pré-adolescentes tendo de protagonizar beijos de língua com outros meninos e meninas a quem mal conhecem(isso quando não ocorre com atores bem mais velhos.); artistas iniciantes serem induzidos a realizarem qualquer cena que seus diretores mandem sob a chantagem indireta de se"queimarem" no meio(algo que a maioria dos atores experientes apoia, uma vez que também tiveram"sua iniciação".) ou ainda o fato de 90% das jovens atrizes globais, antes do sucesso, realizarem trabalhos eróticos num submundo da própria Globo que somente nossa elite(liberalista em sua maioria.) tem acesso(pois são canais a cabo da Globosat e filmes rodados pela Globo Filmes ou mesmo produtoras de menor porte, porém que também servem de tentáculos e peneiras às futuras estrelas.).

Ora, quem estiver duvidando desta matéria, eu convido que assista ao tão aclamado longa-metragem Birdman(vencedor do Oscar em 2015, isto é, reconhecido pela própria classe artística.): uma trama que mostra a realidade nua e crua do teatro ao retratar uma atmosfera na qual todos não passam de objetos uns aos outros desprovidos de qualquer noção de caráter, pudor e humanidade(a começar pelo protagonista que, como diretor,"acidenta" um de seus atores para possibilitar a entrada de outro mais talentoso em sua peça.) vivendo de maneira que a imoralidade se torna algo banal ao ponto de imperar uma espécie de"ditadura subliminar(meio que uma tradição artística, as tais"raízes liberalistas" apontadas por Sérgio Mamberti.)" na qual travas sexuais simplesmente inexistam.  

Secretário da"Identidade e da Diversidade Cultural Para Estudos", ativista gay(embora não assumido) atuante com participações tanto em conferências na Câmara dos Deputados, quanto em paradas de orgulho gay 

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, SÉRGIO MAMBERTI: "O TEATRO SEMPRE TEVE UM PAPEL LIBERTÁRIO."

Nunca é demais recordar que, já há alguns anos, o ator e humorista Pedro Cardoso(com apoio da colega Cláudia Abreu.), obviamente socialista de carteirinha; fez um manifesto contra o erotismo na dramaturgia onde, além de explosivas revelações, teceu palavras no mínimo duras à indústria artística:

10 de outubro de 2008 - 18h09 

Nudez castigada: o manifesto de Pedro Cardoso contra o nu

No elenco de Todo Mundo Tem Problemas Sexuais, de Domingos de Oliveira, o ator Pedro Cardoso aproveitou a primeira sessão do filme, na quarta-feira (8), no Festival do Rio, para fazer um discurso antinudez no cinema e na TV. A pedido de Cardoso,

"Minha tese: a nudez impede a comédia e o próprio ato de representar. Quando estou nu, sou sempre eu a estar nu, e nunca o personagem", acrescenta. Segundo ele, nas mãos das "empresas que exploram a comunicação em massa", a nudez — que fora "uma conquista contra excessos da repressão à vida sexual" — tornou-se "apenas um modo de atrair público".

Cardoso apontou "conivência de escritores e diretores — alguns deles, em algum momento, verdadeiros artistas; outros, nunca!". Disse que "é sobre as atrizes que a opressão da pornografia é exercida com maior violência". E afirmou que "é freqüente que cineastas de primeiro filme exibam a amigos, em sessões privê, cenas ousadas que conseguiram arrancar de determinada atriz".

O artista citou ter feito "algumas pequenas cenas de nudez parcial" e disse que se sentiu "muito mal" com a experiência. "Tirar a roupa não é uma exigência do ofício de ator, e sim da indústria da pornografia." Ele afirmou ambicionar o dia "em que não teremos medo do YouTube e das sessões nostalgia do Canal Brasil". O Canal Brasil exibe atualmente a pornochanchada Os Bons Tempos Voltaram — Vamos Gozar Outra Vez (1985), de Ivan Cardoso e John Herbert, com Pedro Cardoso no elenco.

Ao final do manifesto, o ator disse que o fato de namorar uma atriz acentuou sua preocupação com o tema, por ver a mulher que ama "ter que diariamente se defender no trabalho contra a pornografia reinante". De acordo com a imprensa de celebridades, Cardoso namora a atriz Graziella Moretto, que estava presente à sessão. Questionado a respeito, Cardoso disse: "Não respondo nenhuma pergunta sobre minha vida particular".

Graziella está no ar na novela das sete da Globo, Três Irmãs, no papel de Valéria, descrita como "mulher fatal dos pés à cabeça" pelo site da produção. A atriz fez sua primeira cena de nudez no cinema no filme Feliz Natal, que corresponde à estréia na direção de longas do ator Selton Mello. O filme será lançado no dia 21 de novembro.

A cena em que Graziella fica nua é quando sua personagem, após um desastroso Natal em família, finalmente vê sua casa sossegada, apaga as luzes e, sozinha em seu quarto, olha-se despida no espelho. Questionada se arrepende-se de ter feito a cena, a atriz responde: "Eu me arrependo não de uma cena específica, mas de ter me submetido a situações em que me senti constrangida a fazer determinadas cenas que afrontavam meu próprio pudor".

Graziella afirmou concordar "integralmente com o texto do Pedro Cardoso", que está em um site na internet. Disse também desconhecer "ator ou atriz que não se sinta pessoalmente aviltado com o sucateamento da profissão e a tênue linha que hoje nos separa da pornografia".

Apoio de Cláudia Abreu

A atriz Cláudia Abreu — que integra o elenco de Todo Mundo Tem Problemas Sexuais — aderiu ao manifesto antinudez do colega Pedro Cardoso. Após o discurso do ator, no Cine Odeon, ela foi ao microfone e disse: "Queria dizer que sou atriz e endosso tudo o que ele falou. Passei por uma situação recentemente. Ele está completamente certo".

Cláudia é uma das protagonistas de Três Irmãs. Ainda está em cartaz nos cinemas com Os Desafinados, de Walter Lima Jr., em que faz uma cena de nudez e outra de sexo com o personagem de Rodrigo Santoro.

Folha de S.Paulo perguntou se a declaração era referência ao filme de Lima Jr., mas a atriz disse tratar-se de menção a "experiências recentes", sem especificar quais. Lima Jr. rebate: "Acho desproposital ela se colocar como vítima, até porque ela não foi surpreendida por isso. Ela leu o roteiro e estabeleceu limites, que foram obedecidos".

O cineasta explica a cena em que Abreu se despe, na frente dos Desafinados: "Ela toma uma atitude própria de uma mulher do momento, uma mulher moderna, que não está tutelada pela vontade do homem. Estou falando de 1962, de um momento em que o comportamento vive uma revolução. Isso não quer dizer que eu tenha desrespeitado ninguém. E a opinião de um ator da TV Globo não vai mudar a história".

Fonte: http://www.vermelho.org.br/noticia/41999-11

PROGRAMA ESPAÇO MIX- SÉRGIO MAMBERTI

O tal programa Espaço Mix, diga-se de passagem, é esquerdista até o pescoço e só costuma entrevistar atores que exerçam certo ativismo. 

O texto a seguir foi redigido por Louis P.Sheldon, o fundador e presidente da Coalizão de Valores Tradicionais do EUA(em seu livro A Estratégia- O Plano dos Homossexuais Para Transformar a Sociedade, págs. 24 e 25.); porém com informações retiradas das obras de Lionel Wright(colunista da Socialism Today, a revista mensal do Partido Socialista da Inglaterra e do País de Gales.) e Norman Markowitz(historiador marxista da Universidade de Michigan.). Portanto, tratam-se de fontes bem documentadas e nada suspeitas para tratar do assunto. Nele, vemos uma continuidade do que foi dito por Mamberti:a classe artística como um dos propulsores do movimento gay. 

   Onde tudo começou

   Para compreender contra o que estamos posicionando-os, um pouco de história é necessário. De acordo com um relato simpatizante da causa, o movimento homossexual moderno na América começou como parte da tendência à urbanização, no final do século XIV, quando os trabalhadores começaram a deixar suas famílias no campo e mudarem-se para as grandes cidades.

   Muitos dos que se separaram de suas famílias, naqueles dias, arrumaram empregos que normalmente eram repulsivos e desumanos, e, ao longo do caminho, alguns deles sucumbiram à sedução do álcool e do vício sexual. Em locais como o distrito de Barbary Coast, em São Francisco, Greenwich Village, em Nova Iorque, e French Quarter, em Nova Orleans, era muito fácil ver rapazes se envolverem com companhias de moral baixa e poucos escrúpulos, e em pouco tempo uma subcultura homossexual começou a surgir.

   Além dos bordéis e dos saloons da época, vários bares surgiram para servir principalmente a homossexuais. A fim de evitar investigações e proteger sua clientela da prisão, os proprietários daqueles estabelecimentos normalmente ofereciam dinheiro para oficiais públicos ou policiais em troca de proteção, e o vínculo do sigilo que se desenvolveu em torno desses redutos ajudou a criar um senso de unidade(e conspiração) entre os cidadãos, que contribuiu para o nascimento do movimento homossexual.

   Desde o início da fundação dos Estados Unidos até meados da década de 1960, a penalidade para o comportamento homossexual era muito severa. Cada estado tinha suas leis que consideravam o homossexualismo crime, e um veredicto de culpa levava a pessoa à prisão ou a alguma instituiçao para doentes mentais.

   Durante a Segunda Guerra Mundial, todavia, mudanças começaram a surgir. Quando milhões de homens foram enviados à frente de batalha, muitos empregos civis que eram ocupados por homens foram assumidos por mulheres. Em pouco tempo, a força de trabalho estava predominantemente constituída por mulheres, e essa nova independência, acompanhada por um Acesso em: maior ao álcool em experimentação sexual, também levou a um rompimento com o papel sexual tradicional das mulheres; a fortaleza histórica de castidade e de recato feminino começou a ruir.

   Quando a guerra terminou, muitos dos que haviam provado os frutos proibidos- fosse no serviço militar ou na economia durante a guerra- encontraram as portas, de repente, fechando-se para suas atividades ilícitas. Mas, como alguém escreveu,"deixaram o gênio da experimentação lésbica e gay sair da garrafa. As coisas jamais serão iguais novamente(WRIGHT, Socialism Today 40, jul/99)."

   Durante a guerra, as cidades portuárias de Nova Iorque, São Francisco e Nova Orleans tornaram-se paraísos para todo tipo de atividades hedonistas. Bares e bordéis eram comuns, e não demorou para que os enclaves homossexuais também se tornassem comuns.

   Por razões diversas, os legisladores da Califórnia aparentemente foram mais tolerantes em relação a tais vícios, e, nos anos seguintes, dezenas de milhares de lésbicas e gays se mudaram para aquele estado. Artistas, poetas, músicos e atores, que por longo tempo já estavam associados ao álcool e abuso de drogas, estavam entre os primeiros a serem atraídos pela nova atmosfera de rebelião contra a moralidade tradicional e de promiscuidade sexual que se seguiu.

   Depois que o movimento beat se instalou na área da Baía de São Francisco, popularizado por escritores como Jack Kerouac, Allen Ginsburg e Gregory Corso, nos anos 1940 e 1950, a região se tornou conhecida como a capital do movimento homossexual da América.

Markowitz, Norman. Harry Hay: The Great Forerunner. PoliticalAffairs.net, ArcHIVes- DatesandTopics/2004/april. Disponível em: <http://www.politicalaffairs.net/article/view/119/1/29. Acesso em: 13/04/2005

Wright, Lionel. The Stonewall Riots- 1969. Socialism Today 40, jul. 1999.

sábado 16 maio 2015 19:18 , em CONSPIRAÇÃO SODOMITA


NO JUÍZO FINAL, DEUS CONDENARÁ OU CONVENCERÁ OS ÍMPIOS?

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NO JUÍZO FINAL, DEUS CONDENARÁ OU CONVENCERÁ OS ÍMPIOS?

domingo 17 maio 2015 09:18 , em PORÇÕES DA VERDADE


DINAMARCA COMPLETA 1 ANO SEM FABRICAR DINHEIRO E GOVERNO ANUNCIA QUE PODE SER DEFINITIVO.

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, DINAMARCA COMPLETA 1 ANO SEM FABRICAR DINHEIRO E GOVERNO ANUNCIA QUE PODE SER DEFINITIVO.


Antes de mais nada, recomendo

este vídeo

assustador de apenas 56

segundos:


CHIP SUBSTITUI DINHEIRO NA DINAMARCA

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, DINAMARCA COMPLETA 1 ANO SEM FABRICAR DINHEIRO E GOVERNO ANUNCIA QUE PODE SER DEFINITIVO.

 

Quem não se lembra do vídeo

divulgado aqui há

alguns meses(muito antes,

portanto, da bomba

trazida pelo artigo abaixo.) onde

foi feito um

especial apenas sobre a Dinamarca

e a grande

probabilidade de ser ela o berço

do Anticristo,

certamente começará a olhar para

este simples

blog com um pouco mais de

credibilidade daqui

para frente; pois, de forma

assustadora, o que

vemos agora vem para

acrescentar um peso

tremendo àquele estudo. 

 

Dinamarca quer que pessoas

 

parem de usar

 

notas de dinheiro

 

Banco Central da Dinamarca já não imprime novas notas e moedas desde o ano passado

EXAME.com 11 Mai de 2015 - 18:39
 

A Dinamarca começou a se movimentar em direção a um futuro sem dinheiro vivo.

Na semana passada, o governo do país revelou uma série de propostas com o objetivo de reduzir custos, aumentar a produtividade e estimular a economia a partir do início de 2016.

Entre elas, está o fim da exigência de que estabelecimentos como lojas do varejo, postos de gasolina e restaurantes aceitem dinheiro físico como pagamento. Serviços como correios, médicos e supermercados não entram na lista.

"O pagamento em cash envolve custos administrativos e financeiros consideráveis", diz o ministro de Finanças do país, Bjarne Corydon, de acordo com o Quartz. Entre estes custos, estão o tempo e a segurança necessários para manejar o dinheiro.

Pesquisadores da Fletcher School calculam que os Estados Unidos economizariam US$ 200 bilhões por ano se deixassem de usar cédulas e moedas. Outro estudo, da McKinsey, calcula que o uso de dinheiro vivo chega a comer até 1% do PIB em países como a Rússia.

A resistência aos pagamentos eletrônicos não deve ser grande nos países nórdicos, grandes entusiastas de meios alternativos. O Danske Bank diz que 2 milhões dos 5,6 milhões de dinamarqueses já usam seu sistema de pagamento mobile.

O Banco Central da Dinamarca já não imprime novas notas e moedas desde o ano passado e praticamente todos os cidadãos adultos tem hoje pelo menos um cartão de débito. 

A participação de cheques ou dinheiro nas compras do varejo caiu de 80% para cerca de 25% nos últimos 20 anos, de acordo com o Conselho de Pagamento do país.

Além do pagamento eletrônico, outra tendência atual é a de surgimento de moedas virtuais. O bitcoin é a mais popular, mas não é a única: uma empresa americana está prestes a lançar a "HayekCoin", com lastro em ouro. 

Robert Shiller, vencedor do Nobel, já sugeriu que as moedas virtuais podem ser úteis, mas só como unidade de medida cambial. Economistas como Willem Buiter, do Citi, vão mais longe e dizem que o fim do dinheiro vivo poderia resolver a crise econômica.

Fonte: http://www.tribunahoje.com/noticia/141179/mundo/2015/05/11/dinamarca-quer-que-pessoas-parem-de-usar-notas-de-dinheiro.html

POR QUE, AO QUE TUDO INDICA, A DINAMARCA SERÁ O BERÇO DO ANTICRISTO

Buck Williams

quarta 13 maio 2015 04:29 , em TV RESISTÊNCIA


CRISTIANISMO RELATIVISTA: ATÉ NA BÍBLIA JÁ CONSEGUIRAM INFILTRAR ESSA PORCARIA!

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, CRISTIANISMO RELATIVISTA: ATÉ NA BÍBLIA JÁ CONSEGUIRAM INFILTRAR ESSA PORCARIA!

terça 12 maio 2015 18:57 , em PORÇÕES DA VERDADE


|

Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para unidoscontraomundo

Precisa estar conectado para adicionar unidoscontraomundo para os seus amigos

 
Criar um blog