COMPROVADO: O RELATO BÍBLICO SOBRE O REI DAVI É REAL- PARTE 4

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, COMPROVADO: O RELATO BÍBLICO SOBRE O REI DAVI É REAL- PARTE 4

DESCOBERTAS AS FAMOSAS MINAS DO REI SALOMÃO E UMA INSCRIÇÃO QUE, ALÉM DE PROVAR UM ALTO GRAU DE ESCRITA HEBRAICA MIL ANOS ANTES DE CRISTO, AINDA FALA DO REINO DO HOMEM MAIS RICO QUE JÁ EXISTIU. DETALHE: O TEXTO É ESCRITO EM HEBRAICO DO SUL, PRECISAMENTE A REGIÃO ONDE FORAM ENCONTRADAS AS MINAS(SENDO POR EQUIPES DE ARQUEÓLOGOS DIFERENTES!!!)! ORA, SE ESTÁ COMPROVADO QUE O FILHO EXISTIU, CREIO QUE SEJA MINIMAMENTE RAZOÁVEL CRERMOS NA EXISTÊNCIA DO PAI...

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, COMPROVADO: O RELATO BÍBLICO SOBRE O REI DAVI É REAL- PARTE 4 

 

quarta-feira, setembro 25, 2013

Arqueólogos podem ter encontrado as

minas de Salomão

 
 
Escavações em minas de cobre no extremo sul de Israel

podem ter revelado novas evidências do reinado da figura

bíblica do Rei Salomão, que teria governado a região

durante 40 anos. Durante a Idade do Ferro, os seres

humanos começaram a explorar os depósitos de cobre

escondidos no Vale de Timna, no atual Estado de Israel,

como fica evidente ao se observar as milhares de antigas

minas e dezenas de locais de fundição existentes no

distrito. Agora, o debate dos arqueólogos se concentra em

quem controlava essas minas, e quando. Após ter

explorado a região na década de 1930, o arqueólogo

[norte-americano] Nelson Glueck anunciou ter encontrado

as reais “minas do Rei Salomão”, no reino bíblico de

Edom. As Minas do Rei Salomão é um romance de aventura

popular, publicado pelo autor vitoriano inglês Henry Rider

Haggard e traduzido para o português por Eça de

Queiroz. O livro narra uma jornada ao interior da África,

feita por um grupo de aventureiros em busca de uma

lendária riqueza que supostamente estaria escondida nas

minas que dão nome ao romance. A importância da obra se

dá principalmente por ser considerada a precursora do

gênero literário “mundo perdido”.
 
 Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, COMPROVADO: O RELATO BÍBLICO SOBRE O REI DAVI É REAL- PARTE 4
As pesquisas do decorrer do século 20 – e essencialmente

após a descoberta de um templo egípcio no centro do vale,

em 1969 – lançaram dúvidas sobre as afirmações de

Glueck. Alguns arqueólogos sustentam, desde então, uma

interpretação que sugere que os antigos egípcios teriam de

fato construído as minas, antes mesmo da suposta

existência do reinado de Salomão, ainda no século 13 a.C.
 
 
No entanto, as escavações recentes no Vale de Timna

revelaram artefatos datados do século 10 a.C., época em

que a Bíblia diz que o rei Salomão governava. Os

especialistas, porém, argumentam que as minas

provavelmente eram operadas pelos edomitas, uma tribo

seminômade que constantemente entrava em conflito com

Israel.
 

“As minas são, definitivamente, do período do rei Salomão”,

garante o arqueólogo Erez Ben-Yosef, da Universidade de

Tel Aviv. “Esses locais podem nos ajudar a compreender a

sociedade local, que, se não fossem as minas, teria

passado despercebida por nós.”
 

Ano passado, Ben-Yosef e uma equipe de pesquisadores

investigaram uma área conhecida como Colina dos

Escravos, um local de fundição previamente intocado, que

mantém rastros de centenas de fornos e camadas de

cobre, o material restante da extração do metal.
 
 
O lugar não apresentava ruínas arquitetônicas

significativas, mas os arqueólogos conseguiram encontrar

resquícios efêmeros de uma vida antiga: pedaços de

roupas, cordas, tecidos e objetos de cerâmica, além de

tâmaras, uvas e pistache. Onze amostras do material

encontradas na Colina dos Escravos foram submetidas a

testes na Universidade de Oxford, na Inglaterra. De

acordo com os pesquisadores, os resultados mostraram

que os itens antigos datam justamente da época do

reinado de Salomão.
 

“No Vale de Timna, nós certamente descobrimos uma

sociedade com alto grau de desenvolvimento, organização

e poder”, resume Ben-Yosef.
 

Apesar do debate sobre quão confiável é a Bíblia como

fonte histórica para arqueólogos, Ben-Yosef acrescenta

que é muito possível que os reis Davi e Salomão tenham, de

fato, existido. Consequentemente, segundo ele, é possível

que uma dessas figuras bíblicas tenha exercido algum

controle sobre as minas do Vale de Timna.
Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, COMPROVADO: O RELATO BÍBLICO SOBRE O REI DAVI É REAL- PARTE 4

 

Fonte: http://hypescience.com

 

terça-feira, janeiro 28, 2014

Inscrição ajuda a confirmar reinos de Davi e

Salomão

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, COMPROVADO: O RELATO BÍBLICO SOBRE O REI DAVI É REAL- PARTE 4

 
 
Um professor da Universidade de Haifa (Israel) afirma que

uma inscrição em um jarro de barro descoberto em

Jerusalém pode provar a existência dos reinos bíblicos de

Davi e Salomão. O objeto, de quase três mil anos, foi

encontrado em julho e é o mais antigo texto alfabético já

achado na cidade histórica. “Estamos falando de reis

verdadeiros, e os reinos de Davi e Salomão foram um fato

real”, diz Gershon Galil. O debate entre os cientistas sobre o

significado da inscrição ainda é muito grande, mas o

professor afirma oferecer “a única tradução sensata” para o

texto e ressalta que apenas a existência do objeto já é

considerada importante. “A coisa mais importante é que (o

jarro) nos conta que alguém naquele período sabia como

escrever alguma coisa”, diz. Uma das dificuldades da

tradução é que três letras do objeto estão incompletas. Galil

as traduz como “yah-yin chah-lak”, o que em hebraico

significa “vinho inferior”.
 

A parte mais importante, contudo, é o primeiro trecho do

texto, que indicaria o 20º ou 30º ano do reino de Salomão. A

inscrição, afirma o professor, está em uma forma inicial do

hebraico do sul, pois é a única língua a usar

dois yods (letras hebraicas) para a palavra “vinho”. Ele

especula que o “vinho inferior” seria dado para

trabalhadores que construíam a cidade de Jerusalém.
 
 
Se o hebraico como língua escrita era utilizado no período

da inscrição no local, isso indica que os israelitas chegaram

a Jerusalém antes do que se acreditava anteriormente e

isso os colocaria em um tempo que a Bíblia indica que

Salomão reinou. Galil acredita agora que novos indícios

serão achados sobre os reinos bíblicos.

Fonte: http://www.terra.com.br

quarta 17 setembro 2014 12:58 , em DEFESA DAS ESCRITURAS SAGRADAS


JORNAL CATÓLICO ESTAMPA: BUDA REVERENCIADO COMO UM SANTO CRISTÃO

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, JORNAL CATÓLICO ESTAMPA: BUDA REVERENCIADO COMO UM SANTO CRISTÃO

quarta 17 setembro 2014 16:56 , em PORÇÕES DA VERDADE


NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

     Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

   Exemplo 1: Personagem é amigo de uma parede sorridente cujos dentes podem ser arrancados e comidos no café-da-manhã. Exemplo 2: Personagem é amigo de uma árvore falante cheia de espinhas(acnes) vivas que conversam e interagem normalmente com os demais. 

   Acredite: os exemplos acima são o que se pode encontrar de mais "coerente" nesses desenhos. A seguir, deixo meu desabafo em relação à essa nova mania(que parece ter vindo para ficar, tendo em vista sua popularidade cada vez mais gritante!) e aproveito para comentar o quão sinistro pode ser o plano por trás de suas cores.

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!


   Algo está muito estranho à minha volta ou, talvez, seja eu o estranho, mas o fato é: não reconheço mais o mundo em que vivo. Um mundo, diga-se de passagem, no qual aviões com 200 passageiros somem do mapa de uma hora para outra sem causar sequer 1/10 da comoção que causaria há poucas décadas(muito pelo contrário, o estado de aceitação e resignação da sociedade perante esse evento chega a assustar!). Um mundo onde surge uma espécie de "epidemia" que leva pessoas a invadirem locais públicos atirando aleatoriamente para, em seguida, tentarem se matar; porém sem que qualquer cidadão seja minimamente perspicaz para refletir:"ei, espere aí: será que não haveria ao menos um fator comum entre esses casos, algo a que essas pessoas possam ter sido expostas em seus respectivos cotidianos?" Um mundo em que vacinas contra doenças sexualmente transmissíveis são distribuídas para crianças a torto e a direito sem que apareça uma mãe em cena que diga:"Um momento: eu quero a infância da minha filha preservada, não quero que ela pense em vida sexual antes do tempo." Um mundo em que, de uma hora para outra, irrompe no Brasil um surto de brigas altamente guturais entre meninas adolescentes em escolas por todo o país coincidindo justamente com a explosão de funks femininos promovidos por figuras como Tati Quebra-Barraco, MC Ludmilla, dentre muitas outras, cujas letras incitam sentimentos dos mais agressivos nas mulheres("show das poderosas que expulsam as invejosas...", "se ficar de caozada, a porrada come", "beijinho no ombro", "bonde das brabas"...). Me assombra a incapacidade das pessoas de conseguirem associar fatos sociais como esses!

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

   Enfim, me vejo realmente num mundo louco, porém ainda pior do que os fatos que ele vem apresentando, talvez seja a incapacidade das pessoas em reconhecê-los como anomalia, de ficarem perplexas. E aí eu me pergunto: por quais setores esse processo de zumbificação tem passado? 

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

   Lembro-me dos desenhos que eram exibidos na minha infância. Eu gostava bastante(e ainda gosto) de muitos deles(especialmente os do estúdio Hanna-Barbera.). Havia muita loucura e pirotecnia em bastante deles, entretanto tudo sob uma certa ordem, debaixo de alguma lógica. Tínhamos, por exemplo, animais interagindo "com" seres humanos e "como" seres humanos(algumas vezes, inclusive, tendo outro animal como bicho de estimação. Por exemplo, a dupla Pica-Pau e Pé de Pano.), mas nada que rompesse os limites da sanidade. Qualquer um que se sentasse para assistí-los, de um menino pequeno a um idoso, entenderia do que se tratava, afinal, a despeito de seus exageros e fantasia; claramente compreendia-se que o papel dos mesmos não passava de um subterfúgio para a diversão inserida ali. Ao contrário da maioria, não vejo a violência presente neles como um problema, pois era algo caricato. E, ainda que não fosse, não sou favorável de, no caso de uma educação cristã, a criança ser blindada da violência. Na verdade, acho no mínimo hipócrita afastá-la da violência midiática quando se deve ensiná-la a respeito de um Deus que se sacrificou por ela pregado numa cruz ou que Davi derrotou um gigante mediante uma pedrada na testa para, em seguida, decapitar o monstro(ou seja, aplicar um "fatalitie"...). Não que a criança deva ser empurrada para esse tipo de conteúdo a torto e a direito(leia-se"games violentos".), mas digo que tratar a questão com naturalidade é imperativo.

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!    

   Chegamos ao tema proposto, então: a nova geração de desenhos animados(principalmente aqueles produzidos pelo Cartoon Network.). As primeiras produções do Cartoon, ainda na década de 90, embora já bem maluconas, mantinham seus pés num mínimo de realismo("Meninas Super Poderosas", "Eu Sou o Máximo", "O Laboratório de Dexter", "Sheep na Cidade Grande", "Samurai Jack", "Jonny Bravo", etc...). A coisa começou a degringolar mesmo com "Flapjack". Esse é o marco de toda insanidade para mim. Em seguinda, vieram "Chowder", "Apenas um Show", "Hora de Aventura", "O Incrível Mundo de Gunball", "Titio-Avô", dentre muitos outros. Todos amplamente desconexos, psicodélicos e, pior: adorados pelo público infanto-juvenil. Por trazerem consigo um humor que não seja exatamente infantil, acabaram por conquistar também os adultos que já vinham habituados com produções repletas de humor negro e ataques aos valores da família como "Os Simpsons" ou "Uma Família da Pesada". Resultado: alienação completa do lar. Filhos e pais reféns de um terrível ataque sem que nem ao menos desconfiem.  

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

   Mas, afinal de contas, o que tais desenhos animados apresentam? Para responder à esta pergunta, não posso me furtar de rememorar um artigo que li numa revista certa vez(não me lembro se "Veja" ou "Época".), no auge do sucesso dos Teletubbies no Reino Unido(meses antes do programa chegar ao Brasil.). Ele trazia um dado extremamente curioso acerca da audiência daquela obra ser predominantemente adulta. Todavia, mais instigante ainda é o motivo de tal fenômeno: Teletubbies era exibido às 5:00, horário em que boa parte dos baladeiros chegavam às suas residências e, sendo assim, não abriam mão de acompanhar o episódio do dia enquanto comiam alguma antes de dormir. Segundo os entrevistados, o programa era tão "psicodélico" que, para eles, funcionava feito um prolongamento do "barato" e da "viagem" que traziam da noite(o efeito dos ácidos, coquetéis e cigarros de maconha, dentre outras drogas.). 

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

   Sem falar das mensagens subliminares óbvias que buscam introduzir os pequenos no satanismo, na pornografia e na chamada "diversidade", isto é, no universo liberalista(drogas, ativismo LGBT, promiscuidade conjugal, sincretismos, ecumenismo...), o que temos nos casos citados(e que me preocupa particularmente por ser algo novo.) é a completa falta de tons sólidos e concretos em suas narrativas. Nesses desenhos, acompanhamos bizarrices que mais expressam uma viagem de LSD do que um divertimento descompromissado propriamente dito. Fico me indagando se, ao termos coisas como uma cabeça gigante de Jesus Cristo campeã de jogos de fliperama, uma nuvem travesti apaixonada por um menino que tem cabelo de menina, pessoas que se transformam em caroços humanos e vão habitar a terra dos caroços, montanhas que falam, são casadas e tem filhos; não estaríamos expondo as crianças que tanto precisam de referências lógicas em seu desenvolvimento a um risco desnecessário à sua formação psíquica. Até mesmo no traço(o estilo do desenho.) que essas obras possuem(traços garranchudos e mal feitos, imitando trabalhos de alunos de jardim de infância.) configuram um padrão estranho e que se mostra não somente em duas ou três dessas produções, mas sim em todas elas. Agora pare por um segundo e reflita o que podem acarretar os efeitos de uma exposição massiva ou diária desse material a seres que mal conseguem diferenciar um purê de batata de um montinho de bosta(ou, em casos de crianças maiores, diferenciar uma arma de fogo de uma pistola d'água.). Aliás, o próprio comportamento dos personagens frente a tamanho festival de esquisitisses, tratando tudo feito a coisa mais comum do mundo; mostra-se desastrosamente noçivo se considerarmos que, no momento em que estão sendo assistidos pelos infantes, são eles o paradigma, o exemplo. Evidente que, conforme deduzi acima, podemos enxergar nítidamente uma estratégia de condicionamento liberalista para que estas gerações cresçam habituadas a tudo o que seja diferente, não demonstrando "preconceito" com nada(tanto as anomalias que já são aceitas atualmente, como outras que começarão a ter sua receptividade trabalhada muito em breve, tais como o bestialismo e o incesto. Uma reorientação da sociedade futura, em outras palavras). O desenho "Steven Universo", por exemplo, mostra a trajetória de um menino ao lado de 3 guerreiras, o que de cara já deixa implícito a impossibilidade dos personagens atenderem à área sentimental de forma heterossexualizada(a menos que ocorra um caso de pedofilia.). Outro dia peguei um episódio em que duas das guerreiras se unificaram originando uma nova personagem mais poderosa. Ao término do episódio, o protagonista revela o desejo de futuramente também poder efetuar uma fusão com alguém. Se levarmoso em consideração que somente as guerreiras possuem tal poder, fica a deixa para que, num episódio futuro, o jovem Steven se unifique à uma das mulheres originando um ser andrógino. Contudo, por maior que sejam as evidências de uma indução gayzista, isso também é aplicado por outras animações mais convencionais(a Disney e muitos dos "animes", como são conhecidos os desenhos japoneses...), fato que me leva a procurar pelos outros objetivos desta trama sórdida. 

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

   A desconstrução total da família, como não poderia ser diferente, também é gritante nessas produções. Antigamente, eram comuns animações divertidíssimas focadas em famílias("Os Flintstons", "Os Jetsons", "Os Herculóides", "Bibo Pai e Bob Filho"...). Quando as famílias dos personagens não eram o foco das narrativas, simplesmente não eram mostrados os lares dos protagonistas sendo seus episódios em cima apenas da aventura em si(geralmente ocorrida no ambiente de trabalho do personagem, trazendo noções de responsabilidade e necessidade de se trabalhar, uma vez que o herói, mesmo diante de constantes confusões e apuros; não larga seu emprego. Lembram-se do "Coelho Ricochete"?). Nas animações atuais produzidas pelo Cartoon Network, exceto por "O Incrível Mundo de Gunball", que apresenta uma família, porém de maneira tão avacalhada quanto "Os Simpsons" e "Uma Família da Pesada(ambos responsáveis por ridicularizar e fragilizar a figura do chefe de família na mente da população.)", os demais geralmente apresentam histórias girando- sempre- em torno de um grupo de amigos. Identifica-se imediatamente um espírito sectário e hippie neles, daquele que diz "você não precisa de família, nós somos a tua família" ou "os melhores parentes são aqueles que escolhemos" ou ainda "a mulher passa, mas as amizades permanecem". Notamos sem muito esforço o ar de "liberdade" que transmite o rito subliminar:"veja como seria maravilhoso um mundo só teu, dos teus amigos e sem os teus pais chatos para pegar no pé, cônjuges cheios de expectativas a serem supridas ou filhos que lhe tragam responsabilidades." Sendo tais produções feitas por uma geração recente, muito parecida com a atual onde ouvimos a todo momento o conceito de "tribos", onde vemos grupos e mais grupos de adolescentes espalhados pelos espaços públicos(na maioria esmagadora das ocasiões numa ode ao "besteirol", à "nerdice", "à falta de visão", "à ausência de ideais", à vagabundagem cerebral.) vagando movidos por um vício frenético pelo "coleguismo" e encarando a família feito algo cada vez mais "careta", "chato", "cafona" ou "limitante". Não me surpreende que nunca tenhamos tido índices de suicídio tão altos como os atuais. O entretenimento, como já dizia Leonard Ravenhill, "é o substituto diabólico da alegria". Entretenimento em excesso paralisa o ser e o torna refém dos universos de faz de conta. Não à toa, nos últimos 2 anos tivemos 3 casos de suicídio entre famosos típicos desse estilo de vida(Chorão e Champignon,- 2 músicos skatistas e Fausto Fanti, - humorista do programa "Hermes e Renato".). 

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

   E, em meio a todo o entretenimento doentio propagado nessas animações, um pensamento recorrente ecoa na minha cabeça: “Se eu, que sou adulto e tenho minha personalidade plenamente formada, sinto um certo desconforto ao assistir esse tipo de animação na qual todos os personagens falam e agem feito autistas, débeis-mentais ou usuários de drogas, o que dizer então do cérebro de uma criança quando exposto diariamente ao longo de horas a isso?”. Sim, é exatamente isso o que vocês acabam de ler: nessas animações, nenhum personagem se salva em termos de sanidade mental. Os universos desses desenhos funcionam, em outras palavras, como pequenos sanatórios ou mesmo viagens de LSD. 

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

   Chegamos, então, à seguinte indagação: "O que pode estar por trás desse novo conceito de desenho animado?" As respostas podem ser muitas(separadas ou simultâneas.). No entanto, para não me alongar ainda mais, deixo aqui quatro:

   1- Criar gerações completamente viciadas, ou, no mínimo, apreciadoras de experiências psicodélicas e alucinógenas que somente as drogas podem oferecer, isto é; fortalecer o narcotráfico a nível global mediante uma geração mais suscetível às alterações de consciência(da realidade.). É importante nos lembramos de que o LSD foi criado pela elite globalista.

   2- Criar uma geração ainda mais alienada, zumbificada e idiotizada. O emburrecimento da sociedade não é novidade alguma para quem estuda os passos da Nova Ordem Mundial. Portanto, é bastante razoável deduzir que a introdução de animações tão banais, fúteis e aberrantes possua como propósito principal diminuir a capacidade de raciocínio lógico das pessoas.

   3- Originar novas síndromes e psicopatias entre a população(ou aumentar exponencialmente as que já existem.), dando sequência aos constantes males modernos que não param de insurgir "do nada" em nosso meio.

   4- Aumentar o lucro e o poderio da indústria farmacêutica mediante uma população ainda mais entregue e dependente do uso de drogas medicinais.

   Tais animações poderiam atuar como gatilho para estimular ou iniciar algum processo químico já introduzido na corrente sanguínea da criança mediante vacinas, chemtrails, água fluoretada ou alimentação contaminada(aspartame, agrotóxico, hormônio, transgênicos, etc...). Em último caso, pode simplesmente servir feito instrumento de alienação. Sem falar que a quantidade de psicodelia em tela pode disfarçar com extrema facilidade o uso de mensagens subliminares dos mais diversos níveis. O cérebro da criança e do adolescente funciona como um aspirador de pó, completamente sem defesas diante do lixo que a TV jorra sobre nossos olhos em nosso cotidiano. É, mais ou menos, devido a isso que, no incidente Pokemon(quando 12.000 pessoas foram internadas no Japão enquanto assistiam a um dos episódios, apresentando um quadro-clínico, na maioria dos casos, convulsivo.), todas as vítimas eram crianças.

   Para fechar com chave de ouro, uma informaçãozinha básica: o Cartoon Network pertence à Turner Broadcasting System, mega-produtora do magnata da mídia Ted Turner. Para quem não sabe, Ted Turner é considerado o globalista mais sanguinário que existe, sendo o autor da proposta de redução populacional em 95%, o mínimo(15% a mais do que está proposto pelos Illuminatis nas Pedras Guia da Geórgia.) e apologista de um presidente da Nova Era para o EUA. Leitor, você achou mesmo que o fato de um descendente dos Rothschild ser um dos mocinhos do segundo e do terceiro episódios de Samurai Jack é mera coincidência(detalhe: ele é um cachorro falante de um olho só com um chapéu contendo um símbolo pagão que remete às aves egípcias e os 3 pontinhos vistos nas assinaturas maçônicas.)?

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, NOVA GERAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS: DEMENTES, DOENTIOS E DELIRANTES!

Buck Williams

sábado 13 setembro 2014 01:41 , em PREPARANDO O TERRENO PARA O ANTICRISTO


O DIA EM QUE O PAPA PRESTOU REVERÊNCIA AO LÍDER BUDISTA DA TAILÂNDIA

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, O DIA EM QUE O PAPA PRESTOU REVERÊNCIA AO LÍDER BUDISTA DA TAILÂNDIA

sexta 12 setembro 2014 15:21 , em PORÇÕES DA VERDADE


50 COISAS QUE TODO CRENTE DEVE SABER SOBRE OS DONS DE CURA E LÍNGUAS

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, 50 COISAS QUE TODO CRENTE DEVE SABER SOBRE OS DONS DE CURA E LÍNGUAS

CINQUENTA COISAS QUE DEVEMOS SABER SOBRE LÍNGUAS E CURA

Blog de unidoscontraomundo : UNIDOS CONTRA O MUNDO, 50 COISAS QUE TODO CRENTE DEVE SABER SOBRE OS DONS DE CURA E LÍNGUAS

James Melton

01. - Os judeus, como nação, iniciaram com sinais. (Romanos 4:11; Êxodo 4:8, 9, 17, 28, 30; 7:3; 8:23; 10:1-2; 13:9; 31:13, 17; Deuteronômio 4:34; 6:22).

02. - Os judeus do Velho Testamento viviam em função de sinais. (Deuteronômio 11:18; Josué 4:6; 1 Samuel 10:7; 2 Reis 19:29; Isaías 7:14 38:7, 22; Ezequiel 4:3; 20:12-20).

03. - Os judeus exigiam sinais do Senhor Jesus Cristo. Mateus 12:38; 16:1-4; 24:3; João 2:18; 6:30).

04. - Os judeus pedem um sinal, não os gentios. (1 Coríntios 1:22: João 4:48).

05. - Conforme o Senhor Jesus Cristo, os dons de línguas e cura são sinais (Marcos 16:16-20).

06. - Estes sinais tinham o propósito de confirmar a palavra de Deus. (Atos 14:3; Hebreus 2:3-4).

07. - Estes sinais são mencionados no tempo passado, na 2 Coríntios 12:12 e em Hebreus 2:3-4, não no tempo presente nem futuro.

08. - Os que ainda buscam sinais e maravilhas, hoje em dia, estão pisando em terreno perigoso, pois o Anticristo enganará o mundo com sinais e maravilhas (Apocalipse 13:13-14; 2 Tessalonicenses 2:8-12).

09. - O Senhor Jesus Cristo disse que “uma geração má e adúltera pede um sinal”. (Mateus 12:39).

10. - A Bíblia fala sobre vários dons espirituais para os crentes, mas as línguas e sinais nunca são enfatizados mais do que os outros dons (1 Coríntios 12:4-11).

11. - Os dons de línguas e cura não eram considerados os melhores dons (1 Coríntios 12:28-31).

12. - Os dons de cura foram um sinal (Mateus 16:17-18; Êxodo 4:6-8; 2 Reis 20:8-9).

13. - Não é a vontade de Deus que todos os cristãos sejam curados (2 Coríntios 12:5-10).

14. - O Apóstolo Paulo não pôde curar a si mesmo (2 Coríntios 12:5-10).

15. - Quase no final do seu ministério, Paulo não pôde curar Trófimo (2 Timóteo 4:20).

16. - Em vez de curar Timóteo, Paulo lhe deu um conselho médico. (1 Timóteo 5:23).

17. - Ao contrário dos curandeiros modernos, as “ofertas de amor” e as “ofertas de fé” não faziam parte dos ministérios de cura dos discípulos (Mateus 10:8-9).

18. - Um cristão que não confessou os seus pecados nem deles se arrependeu não tem razão de esperar que Deus o cure de coisa alguma (Salmos 6:1-4; 41:4; 2 Crônicas 7:14; Oséias 5:10-13; 1 Coríntios 11:29-32; Tiago 5:14-16; 1 João 1:7-10).

19. - Se os modernos curandeiros da fé possuem de fato o dom de curar, então por que não comprovam o seu ministério, visitando hospitais e casas de repouso, para curar os enfermos, em vez de escrever livros, fazer reuniões de cura e pedir dinheiro na TV? (2 Timóteo 4:5; Mateus 10:8-16; 1 Timóteo 6:5-10).

20. - Satanás tem o poder de curar e isto levará milhões a apostatarem, no futuro período da Tribulação. (Apocalipse 134:1-4, 12).

21. - O dom de línguas foi dado como um sinal. (Marcos 16:17; 1 Coríntios 14:22).

22. - O dom de línguas foi uma habilidade sobrenatural de alguns cristãos para falarem em línguas estrangeiras, na presença dos judeus incrédulos. (Atos 2:7-11).

23. - Deus nunca ordenou nem fez com que os cristãos falassem em línguas desconhecidas (Marcos 16:17; Atos 2:4; 1 Coríntios 12:10; 1 Coríntios 14).

24. - A Bíblia não afirma uma vez sequer que as línguas sejam evidência do batismo do Espírito Santo.

25. - Não existe batismo do Espírito Santo em 1 Coríntios 14.

26. - Paulo disse que os verdadeiros cristãos foram batizados no corpo de Cristo pelo Espírito Santo (1 Coríntios 12:13), mas todos os cristãos não falaram em línguas (1 Coríntios 12:29-31).

27. - A Bíblia nunca diz que o batismo do Espírito Santo seja uma segunda experiência ou bênção do cristão.

28. - O batismo de fogo é a condenação dos ímpios no inferno (Mateus 3:11-12), não estar “no fogo do Senhor”.

29 - Atos 2:3 fala de “línguas repartidas, como que de fogo”, mas o Livro de Atos nada diz sobre línguas de fogo ou batismo de fogo.

30. - Se alguém não tem o espírito de Cristo, nada tem a ver com o batismo do Espírito Santo, pois ele nem mesmo pertence a Cristo (Romanos 8:9).

31. - O Pentecoste nunca foi um movimento religioso nem uma experiência religiosa. Era um dia de festa judaica, a qual acontecia 50 dias após a Páscoa. (Levítico 23:15-22).

32. - Jesus disse que quando Ele viesse (o Espírito Santo), não falaria de Si mesmo, mas glorificaria Cristo (João 16:13-14).

33. - A nenhum cristão na Bíblia é dito para orar, pregar, cantar ou louvar a Deus em línguas.

34. - Os discípulos receberam o Espírito Santo em João 20:22, porém não falaram em línguas, quando isto aconteceu.

35. - Encher-se do Espírito Santo, conforme Atos 4:31 e Efésios 5:18-20, não inclui o falar em línguas.

36. - Quando fala dos dons espirituais em Efésios 4:8-12, Paulo não menciona as línguas.

37. - Houve apenas três casos no Livro de Atos em que as pessoas falaram em línguas (não em línguas desconhecidas) e estas línguas eram sempre um sinal, porque os judeus pedem um sinal (Atos 2:1-11; 10:44-46; 19:6-8; 1 Coríntios 1:22; 14:22).

38 - A primeira e a última chuvas de Joel nada têm a ver com Atos 2 nem com o atual moderno Movimento Carismático, porque a chuva de Joel 2 é literalmente chuva molhada, vinda do céu de Israel (Joel 2:1-31).

39. - As línguas nem sequer são mencionadas na lista dos dons espirituais, em Romanos 12:6-8.

40. - Embora as línguas (não línguas desconhecidas) fossem permitidas em 1 Coríntios 14 (porque havia judeus na sinagoga de Corinto - Atos 18:1-4), elas não eram encorajadas, pois as línguas não edificavam a igreja (1 Coríntios 14:4-5, 26).

41. - É melhor falar cinco palavras claramente do que dez mil em língua desconhecida (1 Coríntios 14:19).

42. - A não mais que três pessoas era permitido falar em línguas na reunião da igreja e somente uma, de cada vez, poderia falar. (1 Coríntios 14:27).

43. - A ninguém era permitido falar em línguas na igreja, sem que houvesse um intérprete (1Coríntios 14:27-28).

44. - As mulheres não tinham permissão de falar em línguas na igreja (1 Coríntios 14:34-35).

45. - Os que falavam em línguas (línguas estrangeiras) tinham domínio sobre o seu próprio espírito. (1 Coríntios 14:32).

46. - Um homem religioso que não refreia a sua língua engana o seu coração e sua religião é vã (Tiago 1:26).

47. - Muitos espíritos enganadores estão no mundo e o dever de todo cristão é testar os espíritos (1 Timóteo 4:1; 1 João 4:1; Apocalipse 2:2).

48. - A palavra de Deus é a regra pela qual devemos julgar todas as doutrinas (Isaías 8:20; 2 Timóteo 3:16-17).

49. - O homem espiritual discerne bem tudo (1 Coríntios 2:15).

50. - Ensinar a Verdade Bíblica sobre sinais, cura e línguas não significa ser inferior, preconceituoso ou intolerante. É simplesmente uma questão de obedecer à ordem de DIVIDIR CORRETAMENTE a palavra de Deus (2 Timóteo 2:15).

James Melton http://www.biblebelievers.com/jmelton/tongues.html

Traduzido por Mary Schultze - www.maryschultze.com - 30/12/2009.

 

Autor: James Melton
Traduzido por Mary Schultze - www.maryschultze.com - 30/12/2009.
Fonte: www.palavraprudente.com.br 

quarta 10 setembro 2014 15:45 , em ESPAÇO BEREANO


|

Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para unidoscontraomundo

Precisa estar conectado para adicionar unidoscontraomundo para os seus amigos

 
Criar um blog